segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Jessie J

Eu acho a Jessie J muito diva, e ela não precisa mendigar fama por isso!


"Não houve uma carreira tão sensacional quanto a carreira de Jessie J.
Singles número um e um álbum de estréia que foi direto para o topo, vendeu milhões em todo o mundo, performances em frente a uma audiência global de milhões nos Jogos Olímpicos, aparições sábado à noite em horário nobre de TV, atos extraordinários para caridade que chegou às manchetes, Glastonbury, o Diamond Jubilee Concert e músicas para os gostos de Miley Cyrus e Chris Brown...
Para pensar - há três anos, ninguém sabia quem Jessie J era e agora ela é um nome familiar de Southend à Sydney. E parece que as coisas estão ficando cada vez mais emocionantes, com um álbum que já tem um single das paradas, "Wild", apesar do fato de que só foi lançado quase secretamente.
"Não houve divulgação...", diz Jessie, encantada por todos parecerem feliz em tê-la de volta. "Eu só queria fazer isso para os fãs e para ver o que aconteceria sem todos os meios de comunicação social e outras coisas. E foi número um em quatro países! Eu não poderia estar mais feliz... " sobre Wild.
"Price Tag", o hino anti-materialista do ano, e um álbum que vendeu em seus milhões, ganhando platina diversas vezes. Mas isso foi apenas o começo de uma jornada que iria ver Jessie se tornar a primeira mulher britânica na história a estar seis vezes no Top 10 Singles From One Album.
"O primeiro álbum é para mostrar por que você deveria estar aqui", diz Jessie agora que ela está trabalhando na realização de um novo álbum, trabalhando no visual, projetando fantasias. "O segundo álbum é para ficar de um modo que o primeiro single seja um bom sinal, embora eu pensei que não tocaria nas rádios."
Depois de ter passado tanto tempo no novo álbum, Jessie pediu alguém para descrever a ela: "Eles disseram, 'positiva, honesta, inspiradora...'", diz ela. "As palavras que eu amo. Espero que seja verdade. Eu me sinto muito orgulhosa disso por saber que realmente me representa ".
Voltando ao começo, temos uma menina da classe trabalhadora do leste de Londres, filha de um assistente social e uma enfermeira do berçário, obcecado por Whitney Houston. E chegava a atormentar seus pais a deixá-la ir às aulas de dança com suas irmãs mais velhas.
Aos 4 anos, já fazia ballet, dança moderna e jazz, e começou a atuar, em seguida. Aos 7 anos, formou uma banda com suas irmãs, o nome era The Cornish Pasties (pra deixar claro, o sobrenome da Jessie é Cornish). Aos 9 anos, ela estava estreando em um musical. Tudo isso com um problema cardíaco, muitas vezes faltava aos ensaios, por isso.
"Eu sempre soube que era a única coisa que eu era realmente boa", diz ela que agora, aos 25 anos de idade, é um sucesso mundial. 
Escrevia suas músicas em seu diário, no tempo que durava para chegar ao colégio.
Ela praticamente produziu seu segundo álbum sozinha."



By: Jessie J.

Nenhum comentário:

Postar um comentário